Panorama: o mais recente exame de diagnóstico genético fetal



A GENE Medicina Reprodutiva disponibiliza a partir desta semana o mais recente exame de diagnóstico genético fetal no período pré-natal: PANORAMA.

O exame consiste na avaliação genética fetal por exame de sangue na gestante com 9 semanas de gestação.

Em parceria com o Instituto Idéia Fértil - Centro de Reprodução Humana da Faculdade de Medicina do ABC, e com a Natera (biotecnologia e genética, EUA) chega ao Brasil o mais avançado, precoce e não invasivo exame para o diagnóstico de doenças genéticas fetais como a Síndrome de Down.

Com apenas 09 semanas de gravidez, a gestante realiza uma simples coleta de sangue. O material é enviado aos EUA, onde será avaliado por sequenciamento gênico, sendo testados os cromossomos relacionados às doenças genéticas que são mais incidentes na nossa população: Síndrome de Down (cromossomo 21); Síndrome de Patau (cromossomo 13); Síndrome de Edwards (cromossomo 18); e doenças ligadas aos cromossomos sexuais X e Y.

Altamente específico e sensível, o PANORAMA representa um recurso mais precoce que a ultra-sonografia com translucência nucal e menos invasivo do que a Amniocentese ou Biópsia de Vilo Corial; que são os exames até então disponíveis no mercado.

Além do PANORAMA não apresentar riscos para a gravidez, ele pode ser feito bem antes dos exames tradicionais. Lembrando que se o resultado do teste de sangue for positivo, o diagnóstico deverá ser confirmado por meio da amniocentese que será realizada entre 15 e 16 semanas de gravidez.

"Hoje muitas biópsias são realizadas sem necessidade, principalmente em gestações onde a mãe tem mais de 35 anos. Os exames mais invasivos só serão realizados se obtivermos um resultado positivo no exame.", explica Dr. Renato Kalil, diretor clínico do laboratório GENE Medicina Reprodutiva.

A discussão agora ficará em torno do que fazer quando o resultado for positivo. No Brasil, onde a prática do aborto é proibida, o exame ajudará a futura mãe no preparo para receber uma criança com anomalia cromossômica.

Nome Completo

E-mail

Palavra-Chave

As informações contidas em nossa homepage têm caráter informativo e educacional. O seu conteúdo jamais deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Em caso de dúvida, o profissional médico deverá ser consultado, pois, somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.



Dr. Renato Kalil

Diretor Clínico

CRM-SP 62703