Exercícios leves ajudam a ter uma gestação saudável



Após os três primeiros meses, as atividades físicas oferecem menos riscos à gravidez.
 
Não é porque você está grávida que precisa abandonar os exercícios. Com a indicação correta, as atividades físicas podem ajudar a preparação cardiovascular para a gestação e o parto.
 
Se você costuma treinar pesado, ou pratica esportes de impacto, como vôlei, futebol, tênis, prepare-se para diminuir o ritmo das atividades. “Em uma fase de implantação da gestação, que acontece até a oitava semana, a grávida pode apresentar um descolamento do saco gestacional”, conta o ginecologista e obstetra Renato Kalil, de São Paulo. Por isso, é melhor ter cuidado e evitar impactos.
 
A partir de 12 semanas, ou três meses, a formação placentária está estável e o risco de descolamento diminui. Com isso, é possível aumentar um pouco a carga do treino. Mas não pense em voltar a malhar como antes. “O ideal é fazer um trabalho de isometria, ou seja, manter a musculatura”, orienta o médico. A intensidade da atividade física está relacionada com o risco da gravidez e varia em cada gestação. “Tem gente que joga vôlei até os sete meses”, conta o obstetra.
 
O que fazer?
 
O ideal é focar em atividades mais leves, como caminhada – de preferência na esteira, que tem menor impacto do que andar na rua -, hidroginástica, bicicleta ergométrica e ioga.
O pilates também é uma opção, mas é preciso um cuidado especial quando for trabalhar a musculatura do abdômen – o que também deve ser observado em outras atividades usuais nas academias. “Alguns exercícios massageiam o útero. Se uma mulher faz abdominal durante a gestação, ela vai estimular a contração”, avisa Renato.
 
Se você não estava fazendo atividades físicas antes de ficar grávida e quer começar agora, a orientação é esperar passar os três primeiros meses. Depois, o ideal é optar por exercícios leves e sem impacto.
 
Antes de suar a camisa, faça exames de pré-natal e peça orientações ao seu médico. Tomando os cuidados necessários, você terá uma gravidez segura e em forma.
 
Matéria publicada no portal Meu Bebê, segue link abaixo:
http://meubebe.br.msn.com/gravidez/artigos/25771613

Nome Completo

E-mail

Palavra-Chave

As informações contidas em nossa homepage têm caráter informativo e educacional. O seu conteúdo jamais deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Em caso de dúvida, o profissional médico deverá ser consultado, pois, somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.



Dr. Renato Kalil

Diretor Clínico

CRM-SP 62703